Follow my blog with Bloglovin
Resenha_revolucao dos bichos_leitura na rede

A Revolução dos Bichos, do autor George Orwell, é uma fábula escrita durante a Segunda Guerra Mundial que critica de forma satirizada a ditadura do Stalin.

Um belo dia na Granja do Solar, o porco Major, o mais velho e corpulento dos porcos, reúne toda a bicharada no celeiro para uma reunião. Ele conta que teve um sonho e que desejaria nunca mais viver sob o regime opressor dos humanos. Diz que os animais eram perfeitamente capazes de administrar a Granja do Solar e que deveriam fazer uma revolução. Os animais, com o desejo de liberdade, aplaudem o major e cantam a canção Bichos da Inglaterra. Alguns dias depois, o major acaba falecendo, mas mesmo assim os animais ainda sentem-se entusiasmados com a ideia da revolução. Para que a mesma ocorra, os porcos, considerados os mais inteligentes dos animais, reúnem os outros bichos da granja para uma reunião comandada por Bola-de-Neve e Napoleão.

Jones, o humano dono da Granja do Solar, deixa de dar alimento para os animais um dia e a bicharada resolve invadir o depósito de alimentos para comer. Jones e seus funcionários vão até o local para colocar ordem e são expulsos pelos animais raivosos. Por mais que os humanos tentem pegar a Granja de volta eles não conseguem.

A partir daí os animais viram os novos proprietários da Granja do Solar; ditam 7 mandamentos que todos os bichos devem seguir à risca, e tem como líderes os porcos Bola-de-Neve e Napoleão. Os animais começam a arar o solo, a plantar e colher seu próprio alimento e a ajudar uns aos outros. Porém, os porcos que estão no poder, acabam usufruindo de certas regalias que os outros não possuem, sendo que desde o início da revolução a ideia principal era a igualdade entre todos os animais. Os porcos abusam da falta de conhecimento dos outros bichos e do poder que obtiveram e acabam mudando os mandamentos de forma a beneficiá-los. E a cada dia que passa, os animais sentem-se mais cansados e abusados, mas não conseguem ir contra a ditadura pregada pelos porcos, que se tornam iguais aos humanos.

Levando em consideração a época em que a obra foi escrita temos como pano de fundo toda essa crítica à ditadura de Stalin. Embora atualmente não vivamos em uma ditadura, creio que podemos facilmente aplicar esta fábula nos dias de hoje, com o governo fazendo o que bem entende e a população se adequando às normas impostas e levando a vida do jeito que dá, de forma boa ou ruim, sem se impor, mesmo sabendo de toda a sacanagem que acontece com o dinheiro dos impostos absurdos que pagamos, a falta de infraestrutura para a população, o descaso com os doentes que precisam de tratamento, e principalmente o investimento porco feito na área da educação. Afinal, para que investir no conhecimento das crianças que um dia poderão mudar tudo isso?

Palhaçada atrás de palhaçada. E assim como os bichos da Granja do Solar, nós vamos levando a vida. Às vezes uma manifestação aqui e outra ali. Mas nada ainda tão eficiente. Eu não tenho a resposta para o que deve ser feito. Mas posso indicar a leitura de uma excelente obra como essa que nos ajuda a encarar e reconhecer as coisas de forma muito diferente.

  • Título original: Animal Farm
  • Editora: Globo
  • Número de páginas: 94
  • Ano: 2000
  • Gênero: Ficção Inglesa (fábula)
  • Rating: estrelas

4 Comments on RESENHA: A Revolução dos Bichos, de George Orwell

  1. Ronaldo
    04/08/2015 at 20:16 (2 anos ago)

    Muito boa a resenha. E realmente essa ficção é bem adequada aos nossos dias atuais.

    Responder
    • Mariana Fieri
      05/08/2015 at 19:25 (2 anos ago)

      Valeu Ronaldo! Sim, é uma palhaçada e briga pelo poder sem fim. Enquanto isso estamos aqui nos virando conforme podemos. Obrigada pela visita! Bjos

      Responder
  2. Diego
    07/08/2015 at 02:23 (2 anos ago)

    Muita boa sua resenha!!! Infelizmente tenho que dar crédito as suas considerações, mas é essa a realidade em que nos encontramos hj. Parabéns pelo blog e pelas ótimas histórias!!!

    Responder
    • Mariana Fieri
      08/08/2015 at 22:09 (2 anos ago)

      Oi Di! Obrigada pela visita e comentário! Pois é… algo escrito há tantos anos e que se aplica até hoje. A mediocridade do governo não muda. Pelo menos por enquanto…Bjos!

      Responder

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *