leituranarede.com

Month: julho 2015

SENTA E ASSISTE: Gracie and Frankie

Série_Gracie anf Frankie_leituranarede_real

Série original do Netflix, Gracie (Jane Fonda) e Frankie (Lilly Tomlin) são personagens bem-humoradas que farão qualquer um dar muita risada ao tentarem enfrentar as situações mais bizarras no auge da 3ª idade, aos 70 anos.

Logo no primeiro episódio nos são apresentados os casais Gracie e Robert (Martin Sheen, pai do ator Charlie Sheen do seriado Two and a Half Man) e Frankie e Sol (Sam Waterson). Os maridos são sócios em uma empresa de advocacia e saem para jantar com suas esposas. No meio do jantar a surpresa: ambos anunciam que querem o divórcio pois estão apaixonados e querem viver o resto de suas vidas juntos como um casal gay. Imaginem a reação das duas mulheres.

Série_Gracie and Frankie_leituranarede 2_real

Gracie é da alta sociedade e foi durante muitos anos uma importante empresária de uma empresa de cosméticos, tendo sua imagem fazendo parte até das caixinhas de tintura de cabelo. Ou seja, a aparência sempre foi muito importante para ela e de repente se sente abandonada, traída e perdida por não saber como lidar com a sociedade.

Frankie é uma hippie meio zen meio viciada em maconha que passa os seus dias dando aula de pintura para ex-presidiários e fazendo meditação. Seu marido era o seu melhor amigo, seu confidente, seu tudo. Como enfrentar essa reviravolta na vida já com 70 anos?

Série_Gracie and Frankie_leituranarede 3_real

A série traz à tona as dificuldades da 3ª idade e como duas mulheres podem recomeçar a vida tendo que lidar com o preconceito, as diferenças de valores, de idade e como encarar os familiares e amigos. Tudo isso é explorado e trabalhado na série com muito bom humor e respeito. Eu sou fã da Jane Fonda e para quem não se lembra, um dos filmes de sucesso que ela fez foi A Sogra, com a Jennifer Lopez. Jane Fonda e os atores da série dão um banho de interpretação e eu fiquei muito feliz por finalmente decidirem explorar uma história que retrata essa época da vida, que todos nós iremos passar, com altos e baixos, mas que estará lá. E ao julgar pelos personagens e pela própria Jane Fonda, que na vida real tem 77 anos, tudo é possível desde que sua mente trabalhe a seu favor. A juventude está na cabeça e na forma de encarar a vida de cada um.

Vejam o tema de abertura da série:

Assistam e me contem o que acharam!

RESENHA: Presentes da Vida, de Emily Giffin

Presentes da Vida_Emily Giffin_leituranarede 2

O livro Presentes da Vida da escritora Emily Giffin é a continuação da obra O Noivo da Minha Melhor Amiga, que virou filme com as lindas Kate Hudson e Ginnifer Goodwin. Embora eu não soubesse que o livro era uma continuação quando o comprei, já posso adiantar que você não precisa necessariamente ter lido uma obra para depois ler a outra na sequência.

Presentes da Vida conta a história pós término do filme O Noivo da Minha Melhor Amiga pela visão da Darcy Rhone (interpretada pela Kate Hudson). Quem assistiu ao filme sabe que a Darcy é egoísta, sempre se preocupando com ela mesma, querendo que todos os homens a desejem e lutando para sempre ser o centro das atenções. A narrativa começa quando Darcy acaba de terminar o relacionamento com seu noivo, Dexter, estando prestes a casar, porque descobre que ele estava tendo um caso com sua melhor amiga Rachel, enquanto a própria Darcy tinha um caso com o melhor amigo de Dexter.

Foi aí que eu senti aquela angústia novamente. Aquele sentimento de que era uma lástima eu não poder provar Marcus antes de me casar com Dex. Além do que estava sentindo por Marcus, era triste saber que nunca mais daria outro primeiro beijo. Que nunca mais me apaixonaria novamente. Achava que a maioria das pessoas tinha essa sensação em um relacionamento, geralmente antes de decidirem comprar o anel de noivado. Mas, pelo que posso dizer, a maioria das mulheres não pensa assim, pelo menos não admite sentir essas coisas. Elas encontram um bom homem e está tudo bem. Elas ficam aliviadas porque não precisam mais continuar procurando alguém. Elas ficam contentes comprometidas, totalmente dedicadas por um longo tempo. Acho que me pareço mais com os homens nesse ponto.

Darcy, que sempre teve tudo, perde o noivo, a melhor amiga Rachel e mal consegue levar adiante o novo relacionamento. Ao descobrir que está grávida, tudo começa a desmoronar. Sente-se praticamente sozinha no mundo, pois todos aqueles que sempre a vangloriavam nem sequer dão mais atenção a ela. A família que esperava que ela se casasse com Dexter, um relacionamento de tantos anos, fica extremamente decepcionada. Isso leva nossa personagem principal a reconhecer os próprios erros e recomeçar a vida com novas atitudes.

O que eu mais gosto dos livros de Emily Giffin é o desenvolvimento que ela consegue dar aos personagens. Nitidamente a cada página você sente raiva das atitudes de Darcy, compreende outras tantas, enxerga a mudança de caráter e personalidade que ela vai sofrendo ao longo do livro e torce para que ela seja muito feliz e consiga dar a volta por cima.

Emily Giffin não é uma autora de chick-lits comum, ela vai muito além. O livro retrata o universo feminino, mas com um toque profundo de auto conhecimento, de descrição de sentimentos que eu ainda não consegui ver tão bem trabalhado em outra autora do mesmo gênero. Recomendo imensamente a leitura.

  • Título original: Something Blue
  • Editora: Novo Conceito
  • Número de páginas: 383
  • Ano: 2011
  • Gênero: Romance (Chick-lit)
  • Rating: estrelas

 

TOP 5 Filmes sobre amizade entre mulheres

Como amanhã, dia 20 de julho será comemorado o Dia do Amigo, selecionei 5 filmes que gosto bastante e que refletem a amizade entre mulheres. Vale a pena assistir!

1 – LOUCAS POR AMOR, VICIADAS EM DINHEIRO

Loucas por amor_viciadas em dinheiro_filme amizade

Este filme conta a história de três mulheres que precisam desesperadamente de dinheiro para lidar com algumas situações que estão ocorrendo em suas vidas. Bridget Cardigan é uma ricaça que mora com o marido e é surpreendida ao saber que está prestes a perder sua casa e seu agradável estilo de vida devido aos erros do companheiro. Para evitar que isso aconteça, ela decide arrumar um emprego e consegue trabalhar como zeladora no banco Federal Reserve Bank. Durante seus dias tediosos de emprego no banco, Bridget conhece Nina Brewster que é mãe solteira, de poucos recursos financeiros e que possui dois filhos para criar. Ambas se reúnem e decidem tramar um plano para assaltarem o banco sem que ninguém perceba, é claro. Mas para isso precisam de mais uma pessoa na equipe, e conhecem Jackie Truman, uma jovem que não tem nada a perder e que topa rapidamente em fazer parte do plano. Garantia de risadas e emoções. Vale a pena!

  • Elenco principal: Diane Keaton (Bridget Cardigan), Queen Latifah (Nina Brewster), Katie Holmes (Jackie Truman), Ted Danson (Don Cardigan)
  • Ano de produção: 2008
  • Direção: Callie Khouri

2 – OS DIVINOS SEGREDOS DA IRMANDADE YA-YA

Divinos segredos_filmes amizade_v03_

Necie, Caro, Teensy e Vivi formaram há 60 anos uma sociedade feminista baseada na amizade que elas chamam de Irmandade Ya-Ya. A filha de Vivi, uma teatróloga de sucesso em Nova Iorque, chamada Siddalee, dá uma entrevista na qual ela reclama da infância e diz ter sofrido bastante. Sua mãe, Vivi, ao ler a entrevista fica chocada e muito chateada. Então, suas amigas da irmandade decidem fazer com que mãe e filha reconheçam seus erros do passado e também as alegrias que tiveram. Para isso, sequestram Siddalee e a levam para Louisiana, onde mostram a ela um álbum de fotografias e recortes que mostra como a vida de sua mãe também fora bem difícil e dolorosa. Um filme para se divertir, se emocionar e aprender com a experiência das personagens.

  • Elenco principal: Sandra Bullock (Siddalee Walker), Ellen Burstyn (Vivi Walker), Ashley Judd (Jovem Vivi Walker), James Garner (Shep Walker)
  • Ano de produção: 2002
  • Direção: Callie Khouri

3 – DA MAGIA À SEDUÇÃO

Da magia a sedução_filmes amizade

Sally e Gillian são duas irmãs que foram criadas por suas tias bruxas numa pacata cidade. Uma maldição persegue todas as mulheres da família Owens, onde todos os homens pelo qual elas se apaixonam acabam morrendo. Apesar da grande amizade que as irmãs possuem, ao crescerem cada uma segue um rumo diferente. Sally se torna muito reservada e não utiliza seus poderes. Acaba casando-se e tendo duas filhas, porém um dia seu marido acaba falecendo. Sua irmã Gillian, pelo contrário, vive cada hora em um lugar e com um namorado diferente. Até um dia em que se relaciona com um homem agressivo e pede ajuda à sua irmã. As duas acabam matando-o acidentalmente para se protegerem, e de comum acordo decidem que o melhor é trazê-lo de volta à vida com o uso da magia. A partir daí ambas devem aprender a lidar com as consequências de seus atos, encontrar a solução para o feitiço que fizeram e lidar com as mágoas que ficaram do passado.

  • Elenco principal: Sandra Bullock (Sally Owens), Nicole Kidman (Gillian Owens), Stockard Channing (Frances Owens), Dianne Wiest (Bridget Owens)
  • Ano de produção: 1998
  • Direção: Griffin Dunne

4 – O CLUBE DAS DESQUITADAS

O clube das desquitadas_filmes amizade

Quatro amigas se formam na faculdade no ano de 1969 e seguem por caminhos diferentes ficando anos sem se encontrarem. Um dia recebem uma carta póstuma de Cynthia, uma das amigas da faculdade. As três amigas que ainda estão vivas decidem se reencontrar. Elise é uma famosa ex-atriz viciada em colágeno e louca para ficar jovem para sempre. Brenda é uma contadora extremamente engraçada e Annie uma mãe dedicada e aspirante a escritora. Ao se reencontrarem elas descobrem que todas tem algo em comum: foram abandonadas pelos seus maridos e trocadas por mulheres mais jovens. Isso as deixa com um sentimento de vingança, o que as faz criarem coragem para enfrentarem seus medos e irem atrás dos seus direitos ajudando também outras mulheres que sofreram o mesmo que elas. Este filme é gargalhada garantida.

  • Elenco principal: Goldie Hawn (Elise Elliot), Bette Midler (Brenda Cushman), Diane Keaton (Annie Paradis), Maggie Smith (Gunilla Garson Goldberg)
  • Ano de produção: 1996
  • Direção: Hugh Wilson

5 – TOMATES VERDES FRITOS

Tomates verdes fritos_v02_filmes amizades

O filme conta a história de Evelyn Couch, uma dona de casa que tenta desesperadamente emagrecer mas todos os dias acaba se livrando de suas frustrações comendo chocolate. Toda a semana Evelyn e seu marido vão a uma clínica de repouso para visitar uma tia, e numa dessas visitas Evelyn conhece Ninny Threadgoode, uma senhora de 80 e poucos anos, super carinhosa e gentil que começa a contar uma história de vida para Evelyn. A amizade entre as duas cresce a cada semana, e o fato de Evelyn escutar a narração daquela senhora e ver tudo o que as pessoas passavam antigamente, ela acaba criando forças para atingir seus próprios objetivos, começa a emagrecer e a cuidar mais de si mesma.

Paralelamente, a história que a senhora Ninny Threadgoode relata para a Evelyn, conta a amizade que surgiu entre duas meninas após uma tragédia que acometeu o irmão de uma delas. Idgie tinha um irmão chamado Buddy ao qual era muito apegada e um dia ele é atropelado por um trem. À partir desse momento ela se torna amiga de Ruth Jamison, com quem mais tarde compra e administra uma lanchonete em Whistle Shop, Alabama, onde a especialidade da casa é o prato de tomates verdes fritos. A história se passa numa época onde os homens eram machistas e a própria Ruth sofre com a violência do marido, mas Idgie sempre estava lá para ajudá-la e aconselha-la. O filme é muito interessante e traz como pano de fundo também o preconceito que os negros sofriam naquela época, e como essas duas amigas mudaram a vida de alguns deles. Um filme para se emocionar!

  • Elenco principal: Kathy Bates (Evelyn Couch), Jessica Tandy (Ninny Threadgoode), Mary-Louise Parker (Ruth Jamison), Mary Stuart Masterson (Idgie Threadgoode)
  • Ano de produção: 1991
  • Direção: Jon Avnet

Preparem a pipoca! Espero que gostem!

E vocês, quais filmes me indicam com esta temática?

RESENHA: Muncle Trogg – o menor gigante do mundo, de Janet Foxley

Muncle Trogg é filho dos gigantes Pá e Mã que vivem no Monte das Lamentações, um vulcão inativo, para se esconderem dos seres humanos os “pequenotes”. Muncle é alvo de zombaria no mundo dos gigantes por ser considerado o menor gigante do mundo, tão pequeno que dizem ser bem parecido com os pequenotes.

Muncle Trogg_Janet Foxley

Até que ele não era feio. Tinha a pele bonita – cinzenta e salpicada de verrugas peludas -, as sobrancelhas espessas e o nariz carnudo de Pá, e os olhos esbugalhados e os dentes amarelos e tortos de Mã.

Até o seu irmão mais novo, Gritt é muito maior do que Muncle, o que o deixa muito chateado. Sua irmã Flubb, ainda um bebê, porém gigante, é o xodó da casa dos Trogg.

Flubb arremessou a mamadeira vazia no chão e deu um berro bem alto. Na mesma hora, ganhou mais comida. Bem, era difícil dizer não a Flubb – ela era tão lindinha quanto um sapo.

Muncle vai quase todos os dias na escola e não consegue se destacar em nenhuma matéria. Um dia ele faz uma excursão para o Museu Real e conhece o senhor Biblos, a pessoa mais importante no Monte das Lamentações depois da Família Real.Ele é o Sábio Homem do Conselho do Rei, o mais esperto entre todos os gigantes. Biblos, ao ver Muncle tão pequeninho, sugere que ele vista a roupa dos pequenotes para a turma da escola ter uma ideia melhor de como eles são.

 – O que é isso na sua corrente? – quis saber Muncle enquanto voltavam para o museu.

– Isto? – Biblos ergeu o medalhão dourado. Nele, havia o desenho de um animal com orelhas compridas e de aparência estranha. – É meu medalhão sagrado de asno. É um símbolo de sabedoria que me identifica como Sábio Homem. O asno é a criatura mais inteligente da face da Terra e a única que não se pode comer. Não lhe ensinaram nada disso na escola?

Depois dessa visita ao museu Muncle fica muito curioso para saber como realmente são os pequenotes e decide sair do Monte das Lamentações e verificar o que acontece no vilarejo cheio deles. A partir daí, inicia-se uma grande aventura, na qual Muncle aprenderá a voar sob um dragão, a fazer escolhas que ajudam a sua família e a salvar o reino.

A obra da autora Janet Foxley é pura diversão, cheio de ironias e situações muito engraçadas. O livro é extremamente bem diagramado e cheio de figuras encantadoras. É um livro infantil, vencedor do The Times / Chicken House Children’s Fiction Competition e vale muito a pena a leitura seja em qualquer idade.

Muncle Trogg_Janet Foxley_figura

  • Título original: Muncle Trogg
  • Editora: Intrínseca
  • Número de páginas: 224
  • Ano: 2011
  • Gênero: Ficção infanto-juvenil inglesa
  • Rating:estrelas

1 2 3 4