leituranarede.com

Month: outubro 2015

RESENHA: O Príncipe da Névoa, de Carlos Ruiz Zafón

Resenha_O principe da nevoa_Leitura na rede_im1

Sabe um livro que deixa a sua marca e do qual você sente falta dos personagens ao terminar a leitura? Pois é, este aqui entrou para a lista dos livros mais queridos que eu já tive o prazer de ler!

Primeira obra escrita por Carlos Ruiz Zafón, O Príncipe da Névoa foi lançado em 1993, quando o autor venceu um concurso literário que estava participando. Este é um romance juvenil, mas como o próprio autor diz no livro:

…resolvi escrever um romance que teria gostado de ler quando tinha 13, 14 anos, mas que continuasse a me interessar também aos 23, 43 ou 83 anos.

O livro narra a história de Max Carver, um garoto de 13 anos que se muda para um vilarejo litorâneo com sua família, composta pelo pai relojoeiro e inventor, a mãe e as duas irmãs. Ao chegarem na cidade litorânea, a primeira coisa que Max repara é no relógio da estação, que funciona de trás para frente. Em sua nova casa Max perceber que algumas coisas estranhas e cheias de mistério estão acontecendo. Ele visita um jardim de estátuas atrás de sua casa e percebe que uma delas se moveu. Sua irmã mais velha começa a ter alguns pesadelos perturbadores e a irmã mais nova começa a escutar coisas. Os antigos donos da casa deixaram alguns rolos de filmes que possuem gravações esquisitas feitas por uma criança que também esteve no jardim de estátuas.

Percorreu com os olhos cada uma das estátuas, envoltas pelos ramos do matagal selvagem que se agitava ao vento, até chegar de novo ao grande palhaço. Um arrepio percorreu seu corpo e ele deu um passo para trás. A mão da figura, que segundos antes estava com o punho fechado, agora estava aberta, com a palma estendida no gesto de quem faz um convite. Por um momento, Max percebeu que o ar frio do amanhecer queimava em sua garganta e sentiu o coração palpitar em suas têmporas. (p. 30)

Max começa a investigar o que está acontecendo e num de seus passeios de bicicleta pela praia acaba fazendo amizade com Roland, um adolescente que adora nadar no mar e buscar antiguidades num navio naufragado há muitos anos atrás e do qual teve apenas um sobrevivente. Ao ouvir os questionamentos de Max em relação ao que está acontecendo, Roland trás algumas respostas, mas não todas, e isso deixa os amigos cada vez mais intrigados e os fazem ir atrás de mais explicações.

A narrativa de Zafón é muito prazerosa de se ler. O jogo que ele faz com as palavras torna o ritmo da narrativa gostoso de acompanhar. A obra é super sombria, traz muitos mistérios e por diversas vezes me peguei com o coração acelerado e com medo do que estava prestes a acontecer.

Não canso de indicar a leitura desse livro, e se o fizer, prepare-se para sentir medo, se emocionar e conhecer personagens apaixonantes que você jamais esquecerá.

  • Título original: El Príncipe de La Niebla
  • Editora: Suma de Letras
  • Número de Páginas: 180
  • Ano: 2013
  • Gênero: Infanto-juvenil
  • Rating: estrelas

RECEITA: Muffins de abobrinha, banana e chocolate

Receita_Muffins de abobrinha_Leitura na Rede_im 1

Olá pessoal! Mais uma receitinha super rápida e fácil de preparar, inspirada na receita de muffins da Laura Vitale. Tem abobrinha na massa, mas não se assustem, pois não dá para sentir o gosto. Os muffins depois de assados ficam com a textura próxima ao pudim de pão. 🙂

1 – INGREDIENTES:

  • 1 e 1/2 xíc. (chá) de farinha de trigo
  • 1/2 c. (chá) de sal
  • 1 c. (chá) de fermento em pó
  • 1 e 1/2 c. (chá) de canela em pó
  • 2 ovos
  • 1 banana amassada
  • 3/4 xíc. (chá) de açúcar refinado
  • 1/4 xíc. (chá) de açúcar mascavo
  • 1 xíc. (chá) de abobrinha ralada (aprox. 1 abobrinha)
  • 2 c. (sopa) de extrato de baunilha
  • 1/2 xíc. (chá) de chocolate meio amargo picado

Receita_Muffins de abobrinha_Leitura na Rede_im 2

2 – PREPARO:

Aqueça o forno a 180º e unte a forma de muffins que você tiver com óleo (utilizei forminhas de silicone).

Numa tigela misture o açúcar branco, o mascavo, os ovos, a banana e a baunilha. Adicione a abobrinha e misture novamente.

Junte à massa os ingredientes secos (farinha, fermento, sal e canela) reservando algumas colheres de farinha à parte. Misture essa farinha que restou no chocolate, para que ao misturar na massa ele seja distribuído de forma homogênea.

Distribua nas forminhas e leve ao forno por aproximadamente 25 minutos e verifique com um palito de dente se o meio está assado. Pronto!

RESENHA: Carrie, a estranha; de Stephen King

Resenha_Carrie a estranha_Leitura na Rede_1

Outubro é o mês do Halloween e para entrar no clima de terror nada melhor que um livro do autor mais reconhecido neste ramo: Stephen King.

Obra de estreia do autor, Carrie, a estranha, foi publicado em 1974 e lançou Stephen King no mercado editorial. O livro foi um sucesso de vendas e conquistou três adaptações cinematográficas nos anos 1976, 2002 e 2013.

O livro narra a história de Carrie White, uma adolescente da pequena cidade chamada Chamberlain, no estado do Maine. Carrie foi criada por sua mãe, Margaret White, uma fanática religiosa e extremamente rígida que acredita que todos queimarão no inferno se não viverem de forma pura e santa.

Carrie desde pequena desenvolve poderes telecinéticos, o que faz com que a mãe a destrate o tempo todo e a obrigue a orar e pedir perdão por algo que nem mesmo a adolescente sabe o que é.

Ela tornou a ver o medo faiscar dos olhos de mamãe, rápido e silencioso como raios de verão. Mamãe começou a empurrar Carrie para o clarão azul do armário.

– Reze a Deus e talvez você seja purificada de seus pecados.

– Mamãe, me solte.

– Reze, mulher.

– Vou fazer as pedras voltarem, mamãe.

Mamãe estacou.

Até o ar pareceu estacar em sua garganta por um instante. Então a mão foi-lhe apertando o pescoço, até Carrie ver estrelas vermelhas brilhando diante de seus olhos e sentir o cérebro confuso e distante.

Os olhos ampliados de mamãe flutuavam diante dela.

– Sua cria do diabo – murmurou ela. Por que fui tão amaldiçoada? (p.56)

Na escola, Carrie sofria com o bullying praticado pelos colegas. Um dia, após uma aula de educação física, ela é ridicularizada de tal forma que seus poderes de telecinesia afloraram ainda mais.

Por um ato de bondade, Carrie é convidada para ir ao baile da primavera, porém esse dia fica marcado para sempre na história de Chamberlain. Após tanto sofrimento e uma vida cheia de regras, Carrie decide se vingar.

A obra é um romance epistolar, que ao longo da narrativa utiliza trechos de documentários, livros e notícias publicados à respeito do ocorrido em Chamberlain. Essa técnica traz muito mais realismo à história.

A narrativa é muito bem desenvolvida e o leitor consegue sentir e entender a personagem principal. Recomendo para quem deseja ler uma história que entra a fundo no cenário adolescente, com suas diferenças, julgamentos, intrigas, mas também a empatia e a redenção. Uma obra de terror psicológico com muita vingança e muito sangue. Prepare seu estômago e vá em frente.

  • Título original: Carrie
  • Editora: Suma de Letras
  • Número de Páginas: 199
  • Ano: 2013
  • Gênero: Ficção Americana (Terror)
  • Rating: 4 estrelas

 

ESMALTE DA VEZ: Nailwear Pró+ Crystal

Esmalte da vez_avon_leitura na rede_dest

Oi gente! Vejam que lindo esse esmalte da Avon. 🙂 Pertence à linha Nailwear Pró+ Crystal e este que passei é a cor Rosa. A cobertura é super uniforme, contém partículas de brilho que dão um efeito 3D nas unhas e o melhor: é hipoalergênico!

A linha Pró+ Crystal possui 3 cores: rosa, vermelho e preto. Todas com esse mesmo efeito cheio de brilho. A unidade custa em torno de R$ 18,99 quando não está em promoção na revista. Lindo né? Quando usar as outras cores, postarei aqui para vocês.

 

1 2